"Quero defender minhas raízes e contar para o mundo como é lindo meu estado. As curvas são as mensageiras, o fio condutor, através dela crio minha história num fluxo temporal em movimentos contínuo..."

Adriano Figueiredo

Adriano Figueiredo Ferreira cresceu ao som do cururu tocado por seu avô, em um cenário repleto de pés de manga e inspiração, artista por natureza. Desde criança rabiscava desenhos no papel até se tornar um grande nome das artes plásticas de Mato Grosso; estado que por sinal compõe e inspira sua arte. Traços marcantes que contornam os ícones da cultura mato-grossense e mostram suas principais características, a religião e o calor.

Estilo Moderno

Adriano Figueiredo Ferreira é artista Mato-grossense nascido na capital e tem como fundamento o estado que por sinal compôem e inspiram sua arte, e utiliza de movimentos sinuosos para contar histórias. 

Com exposições importantes na Capital, ganhou notoriedade ao romper os limites de seu estado. Expôs em Portugal onde fez residência de 28 dias, participou de duas coletivas em Miami, no lendário bairro Windwood, pelo Sesc expôs em Cuiabá e Rondonópolis, e em São Paulo na Art Lab Galery. Artista selecionado no Salão Jovem arte Matogrossense e para o Amazônia das Artes 2020, onde sua exposição "Convertendo em Curvas vai circular por três estados brasileiros.

Inquietação e experimentação são características, assim se utiliza de diversos materiais e suportes para suas obras, faz intervenções frequentes pela cidade, arte educador, oficinas com crianças e hoje é responsável pelo curso de desenho e pintura no Sesc Arsenal.

Em suas séries se destacam a Religiosa, Sotaque do Mato, Convertendo em Curvas e AFTER. Atualmente trabalha na Série Força Primal e Deusas Brasileiras!

Com obras espalhadas por quase todos os estados brasileiros e algumas partes do mundo, Adriano Ferreira se consolida como um nome crescente na arte Brasileira.

 

EXPOSIÇÕES
2019
Exposição )

2018

 

2017

2016

2011

2008